Projeto Saúde Preventiva

um projeto de prevenção em saúde pública, interligando educação e meio ambiente, nas comunidades do Patrimônio, Vila Oratório e Ponta Negra. O conceito de “saúde preventiva” surgiu em meados do século XX como um movimento que propunha uma abordagem diferente da medicina tradicional. A ideia básica era mudar o foco da prática médica, que até então se concentrava exclusivamente no tratamento das doenças, para uma visão mais voltada à promoção da saúde. A saúde preventiva pode ser entendida como um conjunto de ações que visam evitar ou minimizar a ocorrência e a intensidade de dores e patologias. Baseia-se num inventário de riscos, adotando-se estratégias de combate às causas das enfermidades, em que variáveis ambientais ou comportamentais podem ser controladas, em contrapartida às genéticas ou congênitas. Assim, tendo em vista que conhecimento pode contribuir para reduzir o adoecimento das pessoas, foram previstas para 2019 três campanhas pontuais de prevenção sobre determinadas categorias de doenças; planejadas a partir de articulações com diferentes segmentos sociais para oferecer palestras de profissionais da saúde, atividades educativas nas escolas e mutirões de vacinas ou exames diagnósticos.