Em cada livro, uma história, um universo imaginário e criativo


A vivência experimentada pelos participantes do Projeto Letramento*, nos últimos meses a partir do estímulo ao contato com o universo dos livros, em mediações e contações de histórias, empréstimos de livros, rodas de leitura, trouxe a confirmação que as crianças e adolescentes do projeto têm todos os recursos para passar para o papel as histórias criadas por eles mesmos. E assim livros feitos à mão foram surgindo nos três Centros de Educação Integral Cairuçu. 

A coordenadora do projeto, Andréia do Almo, relata as etapas da criação: “a proposta inicial foi de trabalhar em cada CEIC um tema literário escolhido por cada grupo: CEIC Patrimônio-poesias, CEIC Laranjeiras-autobiografia, CEIC Ponta Negra-contos e HQ; o próximo passo foi soltar a imaginação escrevendo palavras, compondo frases através de nuvens de ideias até chegar ao desenvolvimento da narrativa escrita. Nesse passo eles não aprendem só ortografia e gramática, mas conseguem também construir personagens, mostrar histórias e isso é um grande incentivo para produção literária. Depois vem o momento da ilustração, e várias técnicas foram apresentadas e utilizadas, como o recorte e colagem, personagens feitos de papel colorido, desenho e pintura. Com o “corpo” do livro estruturado, a produção textual é dividida nas páginas e escrita à mão por cada participante, e assim, em cada livro uma história, um universo imaginário e criativo. A tecnologia é aliada do projeto, pois todo material desenvolvido é salvo em um serviço de compartilhamento de textos online, na parceria dos Programas de Arte e Educação e Tecnologia e Inovação. Uma produção criativa que interage educadores dos  Projetos Letramento e  Informática Educativa: “Para atingir estes objetivos um dos exercícios que estamos trabalhando  é o de posicionar o aluno como escritor e leitor. Trata-se de uma grande experiência de valorização da autoestima de cada aluno escritor, e também da pro atividade da etapa em que passam a digitar o texto, tirar fotos dos desenhos que irão ilustrar o livro na sua versão on-line ” (educadora Lissandra Brotto).

*O Projeto Letramento tem como estímulo ao seu público proporcionar o hábito, em cada encontro, das rodas de contação de histórias nas quais as crianças sejam convidadas a participar, recontando junto com seus colegas as histórias dos livros que leram ou foram lidos para eles. “Um sujeito leitor começa a se formar desde a primeira infância e recontar uma história, traz sentido e significado para a criança ou adolescente, compartilhando e vivenciando no coletivo essa de aprendizagem coletiva.” (Andréia do Almo)


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *